Ericeira e Mafra

This post is also available in: Inglês

Ericeira foi considerada recentemente umas das 10 cidades mais “cool” da Europa.Visite este maravilhoso lugar, desfrute do Mar e Natureza e faça uma visita a Mafra.

 

Destaques:

• Passeio ao longo da costa marítima

• Aldeia de pescadores

• Lindas praias

• Natureza selvagem

• Gastronomia tradicional

• Palácio Nacional de Mafra

• Parque Nacional de Caça de Mafra

• Aldeia Típica de José Franco

• Pão tradicional delicioso

 

Para além de ser uma vila muito bonita e também o local escolhida pelo rei D. Manuel II de Portugal para partir para o exílio, mais precisamente da Praia dos Pescadores, depois da revolução de 5 de outubro de 1910, há ainda muitas coisas a aprender sobre esta bela vila portuguesa, felizmente ainda não muito afetada pelo turismo.

A Ericeira é tradicionalmente uma vila de pescadores situada na orla costeira ocidental de Portugal, a cerca de 35 km a noroeste de Lisboa, no município de Mafra, muito apreciada pelos portugueses e especialmente pelos surfistas, que se está a tornar muito rapidamente um destino turístico de eleição.

Esta visita guiada à Ericeira com Lisbonhost permitir-lhe-à explorar a fundo o potencial desta linda vila, situada junto ao mar, levando-o a conhecer as suas melhores praias (das mais de 11 que existem). Ficará a conhecer também os locais mais emblemáticos, melhores restaurantes, especialidades gastronómicas locais e monumentos, e especialmente percepcionar a vila do ponto de vista dos habitantes locais, em vez de se limitar a ter uma visão desta como mero turista.

Esta viagem inclui também uma visita a Mafra, onde poderá visitar o famoso Palácio Nacional de Mafra, construído em estilo barroco e fonte de inspiração do nosso Prémio Nobel José Saramago, no seu romance Memorial do Convento.

Para além da visita ao sumptuoso Convento, iremos proporcionar-lhe a oportunidade de saborear o magnífico pão de Mafra, visitar a aldeia típica de José Franco e a Tapada de Mafra (Parque Nacional de Caça).

A aldeia típica de José Franco mostra os usos e costumes dos camponeses da região, revelando como viviam e trabalhavam.

A Tapada de Mafra (Parque Nacional de Caça) surgiu no reinado de D. João V, “O Magnânimo” (1747) para lazer do rei e da sua corte, especialmente vocacionada para a caça. O Parque Nacional de Caça cobre uma área de 819 hectares, completamente rodeada por um muro de 21 km de extensão. A floresta cobre a maior parte do espaço onde se podem encontrar mamíferos como o veado-vermelho, o javali, o lobo ibérico, a raposa e a doninha, bem como diversas espécies de aves, anfíbios e répteis.